You are currently viewing Administrador assume gestão do Sistema Nacional de Transplantes

Administrador assume gestão do Sistema Nacional de Transplantes

O Sistema Nacional de Transplantes, do Ministério da Saúde,  tem como novo gestor um Administrador: Marcelo Ataíde Domingues vai ser o novo responsável por gerir o maior sistema público de transplantes do mundo.

O SNT é responsável por quase 90% dos procedimentos feitos pela rede pública de saúde. A pasta integra as secretarias de saúde de todos os estados e municípios. Com isso, se torna responsável pela  regulamentação, controle e monitoramento do processo de doação e transplantes realizados no país.

O Administrador comemorou e destacou que essa é uma grande realização profissional.

“A responsabilidade de assumir a gestão deste Sistema Nacional de Transplantes, me trouxe, além do orgulho, uma realização profissional. Acredito que esse momento traduz uma parte de nosso objetivo como  Administradores, que é o reconhecimento de nossa profissão”.

Marcelo Ataíde Domingues destaca ainda que os próximos passos como gestor são de qualificar e aprimorar o processo de funcionamento do Sistema.

“Me apoio nos conhecimentos adquiridos durante minha formação, com compromisso e humanização. Sem dúvidas, o foco é qualificar cada vez mais essa política, que certamente trará melhorias na condição de vida de inúmeras pessoas. É de suma importância trazer para este processo não só a participação das entidades de saúde e governamentais, mas também de toda a população. Não existe transplante sem doação”.

Para o Administrador, essa valorização profissional também pode servir de inspiração para os estudantes e profissionais que buscam um melhor posicionamento no mercado de trabalho. 

“Espero que com essa oportunidade que me vem sendo dada, eu possa sim estar estimulando cada vez mais a nossa classe na busca por conhecimento e aperfeiçoamento no processo de gestão. Esse é o papel do Administrador, sempre buscar a evolução, mantendo a ética, dedicação e responsabilidade”.

O administrador, Norton Ferraz Sanches,  especialista em saúde, destaca que a ocupação desse cargo é um marco e mostra a importância da profissão para lidar com a logística gigante como a do Sistema Nacional de Transplante.  

“Como Administrador que atua no SUS desde 2010, primeiro no Ministério e agora na Secretaria de Saúde do Distrito Federal, fico muito feliz em ver os administradores sendo utilizados em áreas, que pesem terem uma característica assistencial, necessitam muito da ciência da Administração, como é caso do Sistema Nacional de Transplante que consome uma logística pesada na sua operacionalização”.

FONTE: Rodrigo Miranda, Assessoria de Comunicação CFA

Crédito imagem de capa: Aílton de Freitas / Agência O Globo