You are currently viewing RBA 148, mais disruptiva do que nunca e assertiva como sempre

RBA 148, mais disruptiva do que nunca e assertiva como sempre

Publicada e pronta para ser consumida, a edição 148 da Revista Brasileira de Administração (RBA) foi ainda mais além, que o usual, e está ainda mais insinuante e provocativa. Com temas que abordam não apenas o universo da administração e do mundo dos negócios, ela traz conteúdos que provocam a reflexão do leitor tais como o Grande Reset — assunto que foi pauta nos últimos anos no Fórum Econômico Mundial, em Davos na Suíça — e as macrotendências de mercado 2022-2023.

Proposto por Klaus Schwab (economista e fundador do fórum) e pelo Príncipe Charles (do Reino Unido), o Grande Reset preconiza repensar toda a estrutura econômica e social vigente para diminuir a desigualdade social e amenizar os problemas ambientais. Proposta polêmica, os motivos de ela ser considerada disruptiva você verá nas páginas da RBA 148.

Já mais próximo da realidade brasileira, as macrotendências de mercado e de comportamento social são assunto de matéria de capa desta edição. Com termos como cybertopia, altermundo e pluridiverso, a nova ordem já está posta e funcionando a pleno vapor.

Ambientes e produtos como o Metaverso e o NFT são apenas reflexos de novos comportamentos que em breve devem ser vistos dentro de suas casas, praticado, sobretudo, por jovens aficionados ou não por tecnologia. Até mesmo o mercado de trabalho e de entretenimento deve se tornar ainda mais digital, o que abre portas para produtos digitais exclusivos.

Desdobramentos de fatos atuais, tais como as consequências da Guerra entre Rússia e Ucrânia, e qual é o papel do Brasil e da administração nisso tudo, são igualmente abordados nas páginas a seguir. Temas polêmicos tais como o Greenwashing e a falta de padronização nos tamanhos de roupas e calçados feitos no Brasil trazem uma nova perspectiva sobre práticas de nosso cotidiano que deveriam ser mudadas.

Na sequência, também é possível ver como o setor de turismo tem superado os prejuízos da pandemia e uma reflexão sobre a formação do gestor público (eleito, nomeado e concursado). Já no quesito tendências, técnicas e novidades, a inteligência artificial aparece como recurso que tem sido utilizado para gerar oportunidades de negócios.

Por outro lado, as metaprofissões surgem como novo leque de empregos. Por fim, e não menos importante, saiba como a logística possibilitou a criação de novas lógicas de produção nas fábricas e armazenamento de produtos.

Com vocês, RBA 148 em ação.

FONTE: Leon Santos, editor-chefe, RBA