You are currently viewing Pandemia acelera práticas ESG nos hospitais privados brasileiros

Pandemia acelera práticas ESG nos hospitais privados brasileiros

Como uma demanda encabeçada pela Organização das Nações Unidas (ONU), ESG em português significa Governança Ambiental, Social e Corporativa. A pandemia intensificou o debate em torno da pauta. E na saúde, não foi diferente.

O diretor-regional da Federação Brasileira de Administradores Hospitalares, Adm. Marcelo Iwersen, aponta o setor privado como o mais consolidado nas políticas ESG. As ações, segundo ele, incluem melhor uso dos recursos disponíveis, redução de desperdícios e valorização das pessoas.

“A adoção de tais iniciativas abrange a perspectiva da obtenção de benefícios para a instituição e a comunidade, incluindo o público externo, os clientes, pacientes e demais stakeholders”, explica.

Nos hospitais privados, a aplicação das boas práticas já começou a ser mensurada e a trazer resultados. Dados da Associação Nacional de Hospitais Privados comprovam esses avanços. Levantamento da entidade mostra que os investimentos em ESG realizados pelos hospitais associados ultrapassaram 119 milhões e beneficiaram mais de 4 milhões de pessoas.

Já no setor público, as dificuldades são maiores para a implementação da pauta. Iwersen, que coordena a Câmara de Gestão da Saúde do Conselho Regional de Administração do Paraná, destaca dois grandes desafios.

Uma delas é a falta de autonomia administrativa e financeira. “A outra, é a falta de conhecimento e de formação para a implantação de iniciativas tão abrangentes e relevantes, que, desde seu desenho, no planejamento, até sua execução e avaliação, deve ser liderada por profissional competente com profundo conhecimento da instituição, em todas as suas dimensões.”, ressalta.
Para o especialista em Liderança na Gestão Pública, os profissionais de administração têm papel fundamental para ajudar os hospitais públicos a alcançarem parâmetros dos privados. Uma das ferramentas é por meio do Índice CFA de Governança Municipal.

A iniciativa do Conselho Federal de Administração (CFA) reúne dados oficiais para auxiliar no planejamento estratégico dos municípios, com boas práticas de gestão e políticas públicas em saúde. Para conhecer acesse www.igmcfa.org.br.


FONTE:
Adriana Mesquita | Rádio ADM

Ana Graciele Gonçalves | Assessoria de Comunicação CFA