CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO / ES

FBTW

Espírito Santo, 31 de Outubro de 2014.



Notícias

07/01/2009
Resumo do contrato nº. 002/2009

Objeto: disponibilizar ao CRA/ES Assinatura Eletrônica Múltipla que possibilite realizar,de forma remota através do Internet Banking Caixa, transações bancárias.

Contratante: CRA/ES

Contratado: Caixa Econômica Federal

 

Forma de aquisição: dispensa de licitação - processo administrativo nº. 002/2009.

Data da assinatura – 07/01/2009

Adm. Hercules da Silva Falcão

Presidente do CRA/ES 

06/01/2009
Administradores podem ganhar assinatura de revista

Devido ao grande êxito da Campanha anterior “Quitou anuidade. Ganhou assinatura da RBA”, somada a boa aceitação por parte dos Administradores, o Plenário do CFA em Reunião realizada em 24/10/2008, decidiu por unanimidade conceder assinatura anual da RBA no ano de 2009, para os Administradores que quitarem sua anuidade até o dia 31 de janeiro de 2009. 

A Revista Brasileira de Administração (RBA) é um instrumento oficial de divulgação do Conselho Federal de Administração, é tem como a missão de levar informações, opiniões, artigos e outros temas que interessam à sociedade.

05/01/2009
Delegação chinesa fará visita ao CFA

A delegação chinesa será recebida pelo presidente do CFA, Adm. Roberto Cardoso Carvalho que fará uma explanação a respeito de como funciona um Conselho de profissão regulamentada.

Um dos objetivos da visita é conhecer em detalhes a estrutura de um Conselho profissional e qual é o cenário para a atuação do Administrador no Brasil.

O trabalho principal do CFA será mostrado aos chineses, incluindo a qualificação profissional; a certificação; a fiscalização e os critérios utilizados para registro de um Administrador em um Conselho Regional.

Na seqüência de abordagens o CFA mostrará o gerenciamento do Sistema CFA/CRAs. Os dezesseis integrantes da missão chinesa estão no Brasil para conhecerem a organização dos conselhos profissionais. Na área da Administração, o CFA fará as honras da casa.

Mais informações: imprensa@cfa.org.br

30/12/2008
Sistema CFA/CRAs debate ensino da Administração

A questão da qualidade dos cursos de educação a distância é uma preocupação do Sistema CFA/CRAs, que recebeu em sua reunião plenária de julho de 2008, o Secretário de Educação a Distância do Ministério da Educação, Carlos Eduardo Bielschowsky acompanhado do Diretor de Regulamentação, Hélio Chaves, para falar sobre o tema.

Para Carlos Bielschowsky, "o ensino superior a distância é muito importante, pois democratiza o acesso de maior número de alunos."

O Secretário de Educação a Distância do MEC afirmou, em matéria do jornal Correio Braziliense, que, "a intenção do MEC é sanear deficiências encontradas nas instituições sob supervisão, que poderão assinar um termo no qual se comprometem a adequar os pólos no prazo de um ano.Depois disso, se os problemas não forem resolvidos, os estabelecimentos podem ser punidos com o descredenciamento."

O Secretário afirmou ainda que não se trata de fechamento de cursos, mas de pólos onde foram identificados problemas como carência na formação de tutores, falta de laboratórios e bibliotecas precárias.

No próximo dia 4 de dezembro, haverá na sede do CFA em Brasília, reunião dos Presidentes dos Conselhos Regionais de Administração que irão debater demandas emergentes do ensino de administração. Entre os especialistas convidados estão a Coordenadora Geral do Curso de Administração a distância da UnB, Fátima Freire e o Presidente do Sindicato de Professores em Estabelecimentos Particulares de Ensino do Distrito Federal Rodrigo Pereira de Paula que falarão sobre EAD e a Diretora de Regulação e Supervisão de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (SETEC/MEC), Andréa de Faria Barros de Andrade que abordará "O Panorama do Ensino Superior de Tecnologia". Encerrando as palestras estará o Diretor de Regulação e Supervisão da Educação Superior da Secretaria de Educação Superior do MEC, Paulo Roberto Wollinger, que abordará a qualidade do Ensino Superior no Brasil.

Fonte:CFA

Data:4/12/2008

 

11/12/2008
Funcionamento do CRA/ES.
03/12/2008
CFA divulga resultado do Prêmio Belmiro Siqueira de Administração

A temática para artigo, “Desenvolvimento Sustentável - visão do Administrador" pretendeu debater a ecoadministração voltada para um futuro sustentável, e nas dissertações e teses, o tema escolhido foi "Teorias da Administração".  

A grande participação nas modalidades artigo; dissertação de mestrado e tese de doutorado demonstra a importância que o Prêmio já adquiriu em todo o País.  

Muito mais do que a premiação em valores - que totaliza R$ 26.250,00 - ganhar o prêmio Belmiro Siqueira (nome do patrono da Administração), é símbolo de reconhecimento profissional e de elevada contribuição para os estudos científicos da Ciência da Administração.  

A escolha dos trabalhos selecionados ficou a cargo do Comitê de Julgamento do CFA composto pelo vice-presidente do CFA, Adm. Marcos Lael de Oliveira Alexandre; pela Adm. Maria Raimunda Marques Mendes; Adm. Marlene do Couto Souza e também pelo representante da Anpad - Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração, Sergio Oswaldo de Carvalho Avelar e pelo presidente da Capes - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, Jorge de Almeida Guimarães. 

Confira os vencedores do Prêmio Belmiro Siqueira 2008.

Vencedores da Modalidade ARTIGO

 
INDICAÇÃOLUGAR

AUTORES

CRA/RJ

Título:Desenvolvimento Sustentável: Desafios e Oportunidades para a Ciência da Administração”  Autor: Adm. Maurício Henriques Marques Luz
CRA/SC

Título:Planejando uma Cidade SustentávelAutor: Adm. Carlos Alberto Karam
CRA/AM/RR

Título: "Desenvolvimento Sustentável – Visão do Administrador”  Autor: Adm. Joselito Evangelista Santos

 Vencedores da Modalidade DISSERTAÇÃO DE MESTRADO 

INDICAÇÃOLUGAR

AUTORES

CRA/SP

Título:Uma Proposta de Conceituação e Representação do Desempenho Empresarial”  Autora: Adm. Juliana Bonomi Santos
CRA/RJ

Título:Repensando o Empreendedorismo: Necessidade ou Vocação? Uma Análise a Partir do Cadastro Central de Empresas do IBGE”.  Autor: Adm. Marcos Aurélio Campos de Queiroz
CRA/SC

Título:Estratégias Empresariais: O Caso da Rede Angeloni no Período de 1983 a 2006Autor: Adm. Silvio Lummertz Silva  

Vencedores da Modalidade TESE DE DOUTORADO 

INDICAÇÃO

LUGAR

AUTORES

CRA/MG

Título: “Fusões e Aquisições de Empresas Brasileiras: Criação de Valor, Retorno, Sinergias e Risco”. Autor: Adm. Marcos Antônio de Camargos
CRA/RS

Título:Plataforma de Conhecimentos e Aprendizagem Transgeracional em Empresas Familiares”  Autora: Adm. Denize Grzybovski

 

25/11/2008
Cresce o interesse dos escritórios de advocacia por um Administrador legal.

Por uma necessidade de mercado e de planejamento administrativo, muitos escritórios de advocacia estão sendo compelidos a lançar mão de um novo personagem dentro da banca, o administrador legal. O objetivo é administrar a banca como uma empresa, já que os advogados têm como função advogar, explica a consultora da ALB Consultoria e administradora Anna Luiza do Amaral Boranga, que atua na área há 20 anos. "O objetivo é dar suporte aos serviços do advogado, criando uma estrutura para que ele trabalhe. O administrador legal subsidia a infra-estrutura, com um planejamento estratégico de Marketing, Recursos Humanos, desenvolvimento de carreira, Financeiro", diz. Entre as competências, destaca-se o fato de o profissional analisar o mercado; avaliar a sociedade para abrir um capital a fim de se incluam novos sócios; atuar em fusões, associações e incorporações; criar condições tecnológicas e a administração legal da banca; bem como estudar os contratos, explica a especialista.  

O sócio-administrativo do TozziniFreire Advogados, Ricardo Ariani, explica que a banca transformou-se em uma grande empresa e, como tal, necessita ser gerida e administrada. "Nossa função é apoiar as áreas comercial, financeira da Tecnologia da Informação e de RH", afirma. Ele explica que o administrador legal analisa a rentabilidade, controla o faturamento, as despesas, recruta, seleciona profissionais, além de apoiar os advogados no desenvolvimento de palestras.

Adam Stehling, sócio-administrador do Carlos Mafra de Laet Advogados, alega que a importância da função se justifica, pois ele atua na hora de adaptar a tecnologia às necessidades da banca, no momento em que se planeja os custos fixos e variáveis, quando se dirige as operações para saber das metas e da rotina de cada contrato. "É uma gestão diária e permanente dos contratos, do faturamento, de verificar onde há prejuízo e o que se deve melhorar", assevera.  

O consultor em Administração Legal e Gestão de Negócios jurídicos, Sérgio Fadel, resume a função como a de ser responsável por "fazer o negócio girar". Segundo ele, o profissional avalia talentos, além de estudar a possibilidade de novos negócios que sejam rentáveis para a banca. "É fundamental que se o escritório tenha um administrador que gerencie as áreas que compõem a banca, além da parte jurídica, com uma visão ampla, interna e externa do mercado", justifica.  

Formação x Mercado

Rodrigo Ayres Martins de Oliveira do C. Martins & Advogados Associados, também defende a importância do administrador legal para dar suporte a toda a área funcional do escritório, mas ressalta que é fundamental que este profissional tenha conhecimento administrativo e jurídico porque só assim ele pode saber como atender as necessidades da banca. Adam Stehlin e Ricardo Ariani fazem eco alegando que só com esta duplicidade de qualificação o administrador legal poderá entender como funciona "uma empresa de advocacia". A consultora Anna Luiza do Amaral Boranga acredita que o importante é que o profissional tenha conhecimento administrativo, do mercado jurídico e de prestação de serviço para saber lidar com os advogados e suas necessidades. "O administrador legal tem de ter qualificação, formação intelectual e técnica e a tendência é que este mercado cresça e se expanda cada vez mais", afirma ela que também atua na FG-Law, que conta com um curso voltado para a formação de Administradores Legais.  

De acordo com o advogado e professor Ricardo Castilho, diretor da Escola Paulista de Direito (EPD), que também conta com um curso voltado a profissionais que visam atuar nesta área, a busca por um administrador legal é grande, mas falta profissionais no mercado. "Nosso objetivo é formar aquele indivíduo que agrega a administração e a advocacia, e que tenha dimensão das necessidades desses dois universos.  

Segundo a Ordem dos Advogados do Brasil, seção São Paulo, o aumento de escritórios no estado é notório. Em 2006 haviam 7.324 bancas. Este número saltou para mais que o dobro, até junho deste ano constam 8.459 bancas. Mais um motivo para apostar em um profissional que administre o negócio em um mercado competitivo, afirma Anna Luiza do Amaral Boranga.  

Crise

Outra justificativa que advogados e consultores lançam mão para contratar um administrador legal é a crise financeira mundial. "Neste cenário e seus possíveis reflexos fica evidente a necessidade de se ter um profissional que tenha uma visão abrangente do mercado e quer reduza os custos sem abrir mão da qualidade do serviço prestado", sustenta Adam Stehlin. Segundo Sérgio Fadel, a possibilidade de uma turbulência financeira traz a tona a justificativa de se consultar um indivíduo que alinhe as diretrizes da banca com as condições econômicas. "É preciso que os sócios das bancas monitorem o mercado junto com seu administrador legal para tocar o negócio de forma eficiente", finaliza Ricardo Ariani.  

Andrezza Queiroga

Gazeta Mercantil, 20/11/2008, Caderno A, Pág. 8, DIREITO CORPORATIVO.

25/11/2008
Doação de parte do IR pode ajudar crianças e adolescentes em situação de risco social

As doações já podem ser feitas e serão aceitas até o dia 30 de dezembro. Os recursos arrecadados serão destinados aos projetos de entidades registradas no Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente (Concav). O lançamento será realizado no salão social do Clube Álvares Cabral.  

A pessoa física pode destinar até 6% do imposto devido, e a jurídica pode destinar até 1% do imposto apurado. Aqueles que destinam recursos ao FIA, estão ajudando na qualificação do atendimento e auxiliam no processo de inclusão social das crianças e adolescentes em situação de risco social.  

Como contribuir com o FIA? 

As doações e/ou destinações deverão ser realizadas mediante depósito identificados - Documento de Crédito (Doc) ou Transferência Eletrônica (Ted), devendo conter as seguintes informações: 

-nome ou denominação social;

-CPF ou CNPJ;

-endereço do depositante. 

Os depósitos ou transferências deverão ser feitos para as seguintes contas bancárias do FIA/Concav: 

- Banco do Brasil: agência 3665-X. Conta corrente: 073606-6

- Banestes: Agência 236. Conta Corrente: 1527647, cod. 17-13 

Beneficiária: Prefeitura de Vitória /FIA, CNPJ: 27.142.058/0001-26 

Para obter o comprovante que dá direito à dedução na declaração do Imposto de Renda, a pessoa física ou jurídica deverá enviar uma cópia da guia de depósito(Doc ou Ted)ao Concav, por carta ou via fax:(27)3382 6177. 

O Concav prepará o comprovante que ficará à disposição do interessado. Nesse mesmo comunicado a pessoa física ou jurídica poderá indicar o projeto para o qual deseja destinar a sua contribuição.  

Mais informações podem ser obtidas no CONCAV, pelo telefone 33826174 ou pelo e-mail concav@vitoria.es.gov.br.

24/11/2008
Pregão Presencial CRA/ES Nº. 005/2008

O Conselho Regional de Administração do Espírito Santo – CRA/ES, com sede à Rua João Balbi, nº. 59, Bairro Bento Ferreira, Vitória/ES, CEP 29.050-080, através de sua Pregoeira e equipe de apoio, torna público que realizará licitação da modalidade pregão presencial, tipo menor preço global, para aquisição e instalação de equipamentos para a rede telefônica do Centro de Excelência do Administrador. O Edital, na íntegra, poderá ser retirado no site www.craes.org.br, ou, em dias úteis, no endereço da sede do CRA/ES acima, das 09h às 18h.

Início do Acolhimento das propostas: dia 25/11/2008 às 09 horas

Término do Acolhimento das propostas: dia 05/12/2008, às 10 horas.

Abertura da sessão de disputa: dia 05/12/2008, às 10 horas.

Vitória/ES, 24/11/2008.

Adm. Kamyla Dadalto Cota

Pregoeira

Reg. CRA/ES nº. 10.001

24/11/2008
Pregão Presencial CRA/ES Nº. 006/2008

O Conselho Regional de Administração do Espírito Santo – CRA/ES, com sede à Rua João Balbi, nº. 59, Bairro Bento Ferreira, Vitória/ES, CEP 29.050-080, através de sua Pregoeira e equipe de apoio, torna público que realizará licitação da modalidade pregão presencial, tipo menor preço global, para aquisição e instalação de equipamentos de porteiro eletrônico, alarmes e câmeras para o Centro de Excelência do Administrador. O Edital, na íntegra, poderá ser retirado no site www.craes.org.br, ou, em dias úteis, no endereço da sede do CRA/ES acima, das 09h às 18h.

Início do Acolhimento das propostas: dia 25/11/2008 às 09 horas

Término do Acolhimento das propostas: dia 09/12/2008, às 10 horas.

Abertura da sessão de disputa: dia 09/12/2008, às 10 horas.

Vitória/ES, 24/11/2008.

Adm. Kamyla Dadalto Cota

Pregoeira

Reg. CRA/ES nº. 10.001

Página: 1 99 100 101 103 104 105 117


Logo CRA
Sede do CRA/ES
Rua Aluysio Simões, nº 172 – Bento Ferreira, Vitória/ES – CEP: 29.050-632
Telefax: 27 2121.0500

VOLTAR PARA O TOPO

Desenvolvido por BrascomTi